jusbrasil.com.br
22 de Agosto de 2019
    Adicione tópicos

    AME E ADOTE - Demanda em Salvador é maior para regularização de guarda para adoção

    Publicado por DPBA
    há 10 anos

    Fotos: Laíza Ramos

    Cerca de 60% das famílias que procuraram hoje, segunda, 25, a Defensoria Pública em Salvador, na Casa de Acesso à Justiça, Jardim Baiano, no primeiro dia da Ação Cidadã- Ame e Adote buscaram a regularização da situação de guarda de crianças ou adolescentes que viviam com elas. A campanha, março do Dia Nacional da Adoção, prossegue até sexta-feira, 29, tendo como objetivo estimular as famílias para a adoção e para a regularização da guarda para adoção, no caso daqueles que já possuem os chamados "filhos de criação".

    Segundo a defensora Maria Carmen Albuquerque Novaes, subcoordenadora da Defensoria Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente, os 40% restante que souberam da ação, estiveram na Casa de Acesso interessados em saber como adotar. Foram encaminhados ao Juizado da Infância e Juventude, para cadastro.

    Uma equipe de seis defensores públicos realizou atendimento. A defensora Maria Carmem, que esteve atendendo no local, disse que já considera a campanha vitoriosa. "Já estamos vendo o resultado desta campanha. As pessoas que por aqui passaram se interessam e acham a iniciativa da instituição muito necessária. Espero que o resultado da ação seja bastante positivo".

    Ela ainda explicou que a instituição pretende criar um grupo de apoio às famílias que vão participar da ação, realizando palestras com psicólogos, pedagogos, assistentes sociais e defensores públicos a cada 2 meses. A dona de casa Marinalva Miranda dos Santos soube da ação pela mídia e, logo cedo, procurou a Defensoria para saber mais informações de como abrir uma ação para poder regularizar a guarda de duas crianças. E.F.M e A.M.O., de 11 e 8 anos, vivem com ela há 7 anos e necessitam da regulamentação para assegurar os direitos civis.

    Também presente no local, o subdefensor público geral Clériston Cavalcante de Macedo falou sobre a importância da ação que visa diminuir a grande demanda de crianças e adolescentes que precisam de um lar. "Essa campanha está ligada a uma relação de afeto e amor. Nós, defensores, queremos sensibilizar a população de que esta ação é de grande importância para a sociedade", destacou.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)